Dente inflamado: descubra o que é pulpite

0
174

Dente inflamado: descubra o que é pulpite 

Você já ouviu falar em pulpite? Ela acomete os dentes e é conhecida como dente inflamado. Causa muita dor por conta da inflamação da polpa do dente e é capaz de levar uma pessoa a loucura quando não tratada. 

Os nervos e os vasos sanguíneos responsáveis por deixar nossos sorriso lindo e cheio de vitalidade são os atingidos por essa inflamação. Você pode até não saber, mas o dente inflamado atinge a camada mais interna do seu dente e do nada pode causar grande desconforto. Saiba mais sobre a enfermidade e como tratá-la.

O que é a pulpite e as causas do dente inflamado

Se você sente dores ao mastigar, comer alimentos quentes ou ingerir bebidas e comida frias, temos uma má notícia: você pode estar com o dente inflamado! 

A pulpite se manifesta através desses estímulos normais do dia-a-dia como a mastigação. Quando a inflamação atinge a camada mais profunda da dentição, seus dentes começam a deteriorar. Nesse processo, mesmo que você não realize mastigação ou exerça qualquer outro estímulo, o dente continuará doendo. É um verdadeiro inferno acontecendo dentro da sua boca. 

Como forma de diagnóstico, o cirurgião dentista fará uma análise que pode, ou não, contar com estímulos elétricos e/ou térmicos. Com isso o dentista pode avaliar qual a condição da polpa, viva ou morta, para iniciar o tratamento necessário. Caso a pulpite tenha se espalhado pelos ossos e outros tecidos, normalmente o dente é desvitalizado. 

A vasodilatação é a responsável direta pela inflamação no dente, que faz com que a polpa do dente aumente e exerça pressão contra as paredes do mesmo. Talvez essa explicação tenha sido um pouco técnica, portanto vamos facilitar um pouquinho e explicar os causadores da pulpite. 

Dente inflamado causado por cárie

Um tipo de inflamação do dente comum, principalmente em quem não realiza a devida higienização dentária, são as cáries. A cárie destrói alguns tecidos do dente, o deixando vulnerável a ataques de bactérias presentes na boca. 

Um problema mundial, a cárie não escolhe uma faixa etária. Ela pode ocorrer desde a erupção dos dentes de leite até a fase adulta, chegando a fase geriátrica igualmente como chega nas crianças. É o resultado da falta de higienização dos dentes e boca, e por isso é que os dentistas recomendam escovação após refeições e fio dental todos os dias. 

Dividida em duas fases distintas, a cárie dental se manifesta da seguinte forma:

1º cárie inicial: instala-se na parte dura do dente, ainda no esmalte em fase inicial. Seu tratamento é mais fácil e normalmente não apresenta dores. Apesar de deixar os dentes com mal aspecto. 

2º cárie avançada: instala-se internamente no dente, podendo chegar a atingir o canal dentário. A cárie avançada pode chegar à polpa, causando inflamação e até mesmo fraturas. O dente fica tão exposto e frágil que parte-se sem muito esforço. Nessa fase um tratamento de desvitalização do dente, geralmente é necessária. 

Os sintomas de um dente inflamado, salvo raras exceções, são dores intensas e muita sensibilidade associada ao estímulo de alimentos e bebidas quentes e frios. O diagnóstico de uma pulpite somente pode ser realizado por um cirurgião dentista. E o tratamento será também avaliado por ele. É claro que a cárie dentária não é a única razão para o problema, mas é o principal e o que mais acomete pessoas no mundo todo. Por isso realizar a perfeita higiene bucal é essencial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here