Dermatite seborreica: rosto vermelho e caspas são sinais da doença

0
1277

Dermatite seborreica: rosto vermelho e caspas são sinais da doença


Nem alergia, nem falta de higiene. Conheça melhor o problema que afeta quase 20% das pessoas no mundo.


Você já ouviu falar em dermatite seborreica? Rosto com pele descamando e vermelha – especialmente nas sobrancelhas, pálpebras, cantos do nariz, lábios e couro cabeludo – é uma das principais características da doença. Cerca de 20% da população no mundo sofre com o problema, com sintomas que melhoram e pioram durante o ano.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a dermatite seborreica no rosto não é falta de higiene nem alergia, mas sim uma doença crônica. Embora as causas exatas ainda não estejam totalmente claras, alguns fatores já foram identificados como gatilhos para a pele escamada e vermelha. São eles:

– Tipo de pele (geralmente pele oleosa);
– Estresse ou ansiedade;
– Pityrosporum ovale (um fungo que vive normalmente na pele);
– Uso de alguns medicamentos;
– Tempo frio e seco;
– Acne;
– Bebida alcoólica;
– Psoríase.


Recém-nascidos e adultos de 30 a 60 anos estão mais propensos a desenvolverem a dermatite seborreica, mas, no caso dos recém-nascidos, não há motivo para preocupação. Também chamada de crosta-láctea, essa é uma condição passageira e que não oferece risco nem desconforto para o bebê. Essas crostas grossas, geralmente amarelas ou marrons, são restos do parto e costumam aparecer no couro cabeludo, pálpebras, orelhas, ao redor do nariz e na virilha da criança.

Sintomas de dermatite seborreica no rosto


Além da pele vermelha e descamada, outros sintomas características da dermatite seborreica no rosto são:

– caspa no couro cabeludo, cabelo e sobrancelhas;
– vermelhidão ou descamação das pálpebras;
– coceira ou ardor na área afetada.


Tratamento


Em alguns casos, a dermatite seborreica no rosto vai embora sozinha. Entretanto, como se trata de um problema crônico, os sintomas irão aparecer novamente mais cedo ou mais tarde, devido a fatores tanto internos quanto externos. Por isso, o melhor tratamento é aliar produtos farmacêuticos prescritos pelo seu dermatologista a um estilo de vida saudável, com uma alimentação equilibrada.

Em adultos, os tratamentos mais comuns envolvem cremes e pomadas antifúngicas, loções de corticosteroides, produtos de enxofre e xampus anticaspas. Já as crianças geralmente usam óleo mineral ou medicação indicada sempre pelo pediatra.

Algumas dicas são importantes para evitar ou tratar a dermatite seborreica: rosto lavado regularmente com água e sabão próprio para seu tipo de pele, evitar coçar a pele durante as crises, não consumir alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas, não tomar banhos muito quentes, controlar o estresse e a ansiedade e não fumar são algumas delas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here