Como fazer o desmame gentil

0
320

Como fazer o desmame gentil

O aleitamento materno não apenas nutre a criança, mas também cria laços afetivos bem intensos entre a mãe e o filho. É por esse motivo, que na hora de desmamar, ambos ficam com algum grau de desamparo.

A amamentação exclusiva é recomendada até os 6 meses de idade. A partir dessa idade, naturalmente, dá-se início ao desmame, com a introdução de outros alimentos, que pode se prolongar por até 2 anos, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O desmame é o processo de retirada do leite materno da alimentação, seja pelo aumento dos intervalos das mamadas ou substituição por leites artificiais. Se possível, ele deve ser gradual e respeitar o tempo de adaptação da criança, chamado de desmame gentil. 

Além disso, pode ser também abrupto, parcial ou natural. O ideal mesmo seria que ele ocorresse naturalmente, um auto-desmame. Quando o desmame é realizado abruptamente, sem o devido preparo do bebê, pode gerar sentimento de rejeição, insegurança e ansiedade. 

O desmame, às vezes, pode acarretar na mãe sentimento de perda do filho, que está crescendo, tornando-se mais independente, mas, por outro lado, trazer também mais liberdade e alegria de quem cumpriu, de maneira satisfatória, seu papel numa fase de muita importância no desenvolvimento físico e emocional do seu bebê.

A mãe tem que estar segura de que quer mesmo o desmame e saber que o transcurso pode ser vagaroso e difícil. Mesmo com a rotina do trabalho, alguma incapacidade emocional ou física, podendo dificultar a amamentação, o desmame, na medida do possível, tem que ser gradual para não haver sentimentos de culpa ou arrependimento.

O que é o desmame gentil?

É o desmame que respeita o tempo da criança na adaptação e a escolha do momento pela  mãe, de maneira tranquila e sem traumas. Nesse processo, o peito da mãe deixará de suprir suas necessidades nutricionais e emocionais. Cabe à mãe acolher, dar muito aconchego, atenção e ter calma nessa época de grandes mudanças.

A técnica utilizada para desmamar depende da idade do lactente. Quanto maior, mais fácil a aceitação, inclusive com planejamento. Quanto menos preparado, mais tempo levará.

Dicas para o desmame gentil.

Há muitos fatos e mitos do desmame gentil. Veja algumas dicas para praticá-lo de forma correta. 

  • Solicitar auxílio de alguém que a criança tenha vínculo amoroso, como o pai, tia (o) , avó(ô), ou qualquer pessoa amiga que possa dispor de tempo e dê atenção à ela.
  • Garantir que o leite materno não fará falta nutricionalmente.
  • Não substituir alimentos por leite, quando o aleitamento não for mais a principal fonte de nutrientes.
  • Pode ocorrer, durante o processo, protesto grande para querer o peito. Amamente com paciência, sem brigar.
  • Se ocorrerem manifestações muito negativas, como choro compulsivo, insônia, ansiedade ou ingurgitamento mamário intenso, interrompa o desmame para retornar em fase mais propícia.
  • Dedique tempo ao seu filho. Brinque com ele.
  • Diminua gradativamente a frequência das mamadas, retirando uma mamada do dia a cada semana. Distraia a criança nesse horário com brincadeiras.
  • Inclua a criança na rotina de casa. Dê pequenas tarefas, adequadas para a idade.
  • Combine com a criança duração, locais ou horas das mamadas e a faça respeitar os combinados. 

A melhor forma de saber que o desmame  está na velocidade certa é verificando o crescimento e o comportamento do filho, seu relacionamento com ele, e se ambos estão felizes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here