Despigmentação de sobrancelha: com ácido ou laser?

0
438

Despigmentação de sobrancelha: com ácido ou laser? 

Uma coisa é fato: a sobrancelha é a moldura do rosto e influencia totalmente na harmonia dos olhos. É ela que ajuda a destacar a expressão do olhar e a valorizar os traços da face, por isso, uma micropigmentação mal feita pode colocar em jogo a autoestima de uma mulher. Ainda bem que, para salvar, já existe a técnica de despigmentação de sobrancelha.

Trata-se de um procedimento estético que remove com ácido ou laser o excesso de pigmento introduzido na pele. Para quem não gostou do resultado, achou artificial, falhada, desproporcional, borrada ou muito escura, essa é a saída.  O ideal é realizar o procedimento no inverno, quando a exposição ao sol é menor e, consequentemente o resultado melhor. 

Despigmentação de sobrancelha: qual o melhor método? 

Não existe o melhor método de despigmentação, mas sim, a situação que a área se encontra. Dependendo do pigmento será usado um ou outro procedimento: 

Despigmentação de sobrancelha com laser 

Como na tatuagem, a técnica a laser é a mais utilizada e mais avançada para reverter a micropigmentação. Isso porque ela é indicada para quem possui na pele a tinta mais antiga e profunda. O laser com sua luz consegue penetrar na área e atingir o pigmento, dividindo e eliminando em micropartículas. Com isso, o desbotamento se dá de maneira lenta e gradativa.   

É preciso ter paciência, pois o tempo para reverter a micropigmentação depende de cada caso. O procedimento é doloroso costuma ser realizado com pomada anestésica. Geralmente é preciso de seis a oito sessões para conseguir retirar as marcas. Tons mais escuros como marrom, preto e azulados são mais fáceis de sair. Para quem possui cores mais claras como rosa, laranja, acobreados e avermelhados precisam de mais tempo. Em algumas mulheres existe o risco dos pelos caírem, devido ao local onde a pigmentação foi feita. 

Despigmentação de sobrancelha com ácido

O processo com ácido é recomendado para sobrancelha micropigmentadas recentemente, ou seja, quando o pigmento ainda está fresco na derme, na camada mais superficial.  A aplicação é simples e causa menos incômodo, comparada com a laser, pois o ácido consegue acelerar a renovação celular, removendo a tinta. Normalmente é preciso de três a quatro sessões para finalizar a retirada. 

Cuidados após o procedimento de despigmentação

– Utilize cremes cicatrizantes recomendados pela esteticista;

– Evite exposição ao sol, especialmente em mar e piscinas; 

– Coma alimentos que auxiliam na cicatrização;

– Não coloque as mãos não higienizadas próximas as sobrancelhas;

– Deixe a casca cair sozinha. 

Sobrancelha: quando o barato sai caro

Antes de entrar na moda da micropigmentação é interessante fazer uma análise com uma profissional visagista para verificar antes como o procedimento se dará em cada rosto.

Após o estudo detalhado do rosto, como as feições e musculatura é realizado primeiro o preenchimento com maquiagem, como uma prévia de como será realmente. O pigmento utilizado deve estar de acordo com as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Convém escolher uma profissional que tenha uma vasta experiência em pele e pigmentos, além de trabalhos já realizados que sejam do se gosto. Nessas horas, indicação é tudo!  O mesmo vale para a despigmentação de sobrancelha, pois se não for realizada por bons profissionais, pode deixar marcas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here