O que é diástase pós-parto e como tratar?

0
457

O que é diástase pós-parto e como tratar?

 

Você já ouviu falar sobre a diástase pós-parto? Apesar de ter esse nome complicado, é algo comum que afeta muitas mulheres após o nascimento de seus bebês. O efeito da diástase pós-parto é aquela barriguinha típica do puerpério, que às vezes faz parecer que a mulher ainda está grávida. Isso pode mexer com a autoestima das mães, que já estão sensíveis com as diversas mudanças provocadas pela chegada de um bebê em casa.

Abaixo explicaremos melhor o que causa a diástase abdominal pós-parto, e o que é possível fazer para prevenir ou tratar caso isso seja um incômodo para você.

 

Afinal, o que causa a diástase pós-parto?

 

Tecnicamente, é o afastamento dos músculos abdominais, que pode ocorrer tanto nos músculos superiores da barriga, quanto nos posteriores, na região púbica, o que faz parecer que a vagina está sempre inchada.

As causas da diástase podem ser muitas, mas as mais comuns são o ganho excessivo de peso na gravidez, um feto muito grande, excesso de líquido amniótico, musculatura abdominal muito fraca, obesidade, excesso de exercícios físicos durante o puerpério, entre outros.

 

A diástase pós-parto é perigosa? Como tratar?

 

O médico é quem define a gravidade uma diástase pós-parto. Logo depois do parto, a mulher terá sua diástase avaliada, e passará por uma reavaliação aproximadamente seis semanas depois. O profissional então dará orientações específicas para cada caso.

Em situações um pouco mais graves pode haver dores nas costas, incontinência urinária e dificuldade em fazer alguns movimentos, por isso será indicado um tratamento. Quando a diástase pós-parto é considerada leve, deve-se respeitar o período de descanso recomendado pelo obstetra, e após a liberação a mulher poderá iniciar atividades físicas que sejam mais eficazes para corrigir esse afastamento muscular. Além disso, os músculos tendem a voltar naturalmente ao lugar por volta dos 6 meses depois do parto.

 

Como prevenir a diástase pós-parto

 

Caso ainda esteja planejando engravidar, já pode começar a fortalecer os músculos da barriga com exercícios físicos. Aliás, praticar atividades físicas sempre faz bem, e te deixa mais saudável. Você também pode procurar um nutricionista que lhe prescreve uma reeducação alimentar desde já, assim você terá menos chances de ganhar muito peso na gestação.

Se você já teve um filho e sofreu com a diástase pós-parto, a recomendação é que, se possível, aguarde cerca de 2 anos antes de engravidar novamente.

Excesso de exercícios físicos logo após o parto também pode agravar a diástase! Então nada de sair da maternidade e já fazer abdominais, porque isso pode até ser perigoso. Sempre respeite as orientações médicas.

 

Existem alguns tratamentos para a diástase pós-parto como a fisioterapia, pilates e procedimentos estéticos. Se isso é algo que te incomoda muito, achamos que vale a pena pesquisar.

Você já teve diástase pós-parto ou conhece alguém que teve? Conte aqui nos comentários como foi essa experiência, assim a informação pode ser compartilhada com outras mamães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here