Dor de estômago na gravidez é normal?

0
389

Dor de estômago na gravidez é normal?

A dor de estômago na gravidez é normal quando sua duração é curta e as sensações mudam de acordo com as fases da gestação. Na maioria das situações, as dores são ocasionadas por fases da gravidez ou são acentuadas pela grande quantidade de hormônios que são liberados.

Dor de estômago na gravidez: o que pode ser

Mamães de primeira viagem podem sentir sintomas desconhecidos, que só ocorrem entre as gestantes. É normal ficar alarmada quando há qualquer dor estranha durante a gravidez e também é normal confundi-las com dor de estômago ou no útero.

 

Listamos algumas fases da gravidez e seus sintomas de dor abdominal para te deixar mais tranquila.

1. Implantação do óvulo

Muitas mulheres podem sentir uma dor que se assemelha à cólica menstrual ou à cãibra nos primeiros dias de gravidez. Isso geralmente acontece porque o embrião está se incorporando no tecido uterino.

2. Extensão dos ligamentos

No segundo trimestre da gestação, os músculos e ligamentos que dão suporte ao útero se esticam, causando uma dor incômoda em volta da barriga ou uma dor acentuada em um só lado da barriga.

 

Algumas mulheres sentem essa dor quando se levantam da cama, da banheira ou ao tossir. Embora seja uma dor relacionada aos músculos, é facilmente confundida com dor abdominal, já que é bastante incomum em não gestantes.

 

3. Alarme falso

No segundo e terceiro trimestres, é possível que sinta algumas contrações irregulares ou o endurecimento dos músculos uterinos. Esse tipo de contração é conhecido como Braxton-Hicks e indicam um trabalho de parto falso, que ainda não está acontecendo.

 

Geralmente não são muito dolorosos e essas contrações aumentam à medida que a gestação evolui. As contrações Braxton-Hicks podem parar misteriosamente ao caminhar. Também são irregulares e não ficam mais intensas nem mais frequentes com o passar do tempo.

 

4. Cãibras

Nas últimas semanas da gravidez, as cãibras podem ser sentidas tanto na barriga, confundidas com dor de estômago na gravidez, como também na coluna lombar. As cãibras também podem ser confundidas com cólicas e são um sinal de que o trabalho de parto pode estar próximo.

 

5. Outras dores abdominais durante a gravidez

Algumas dores de estômago em gestantes podem ser resultado dos gases e do inchaço causados pelos hormônios que retardam o metabolismo. Isso ocorre por vários motivos, mas principalmente pela expansão do útero, prisão de ventre e azia. De acordo com especialistas, essas podem ser condições que a gestante já apresentava antes de engravidar, como a gastrite nervosa.

 

Para aliviar essas dores, tente variar suas posições quando estiver em repouso e mantenha hábitos de alimentação saudável. Temperos carregados, comidas condimentadas, refrigerantes e frituras podem piorar essas dores. Prefira os alimentos ricos em fibras, as proteínas e uma quantidade não muito exagerada de carboidratos. De vez em quando, tome um chá de camomila ou de erva-cidreira para ajudar a aliviar a dor.

 

Como aliviar a dor de estômago na gravidez

Quando sentir dor de estômago, tente:

 

  • Sentar, colocar os pés para cima e relaxar. Descansar confortavelmente pode ajudar a aliviar os sintomas;
  • Fazer compressas com água morna;
  • Beber bastante líquido e manter-se hidratada
  • Preparar um chá de erva-cidreira ou de camomila
  • Curvar-se por alguns instantes pode ajudar a aliviar a dor ocasionada pelo estiramento dos músculos no terceiro trimestre.

 

Quando a dor de estômago na gravidez não é normal

Mesmo que seja frequente entre as gestantes o relato de dores abdominais na gravidez, existem alguns casos em que é preciso ficar atenta e procurar orientação médica:

 

 

  • Dor de estômago acompanhada de dor de cabeça forte;

 

  • Dores de estômago que duram muito tempo e não passam: podem ser um sinal de ruptura da placenta;
  • Dor abdominal acompanhada de sangramentos intensos: podem ser sinal de aborto espontâneo;
  • Contrações regulares e doloridas antes da 37ª semana: podem indicar parto prematuro;
  • Dores severas de um lado só do ventre: entre a quinta e a décima semana de gestação podem ser um sinal de gravidez ectópica. Se ocorrerem após o segundo trimestre da gestação são apenas um efeito do estiramento dos músculos.

 

Demais sintomas, como azia, prisão de ventre e gastrite são normais durante a gravidez, principalmente se a gestante já apresentava esses sintomas antes. Tente entender onde ocorre a dor e quais são os sintomas antes de se alarmar – muitas vezes a dor de estômago na gravidez ocorre apenas por conta da formação de gases.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here