Mesoterapia capilar: conheça a técnica que evita a queda capilar

0
100

Mesoterapia capilar: conheça a técnica que evita a queda capilar

A queda capilar é um problema que envolve tanto homens, quanto mulheres. As causas muitas vezes estão ligadas a problemas de estresse, falta de nutrientes no organismo, mudanças climáticas, seborréia, uso de elástico ou até mesmo a calvice, provocada pelo fator genético. Uma maneira de auxiliar nesses casos, é o tratamento com a mesoterapia capilar. 

Criado em 1952, pelo médico francês Michel Pistor, a mesoterapia capilar é um procedimento que auxilia na reestruturação do sistema capilar, com o objetivo fortalecer os fios de cabelo ao estimular o folículo piloso, que é a estrutura dérmica responsável pelo surgimento de pelos. 

Como funciona o procedimento?

Conhecida também como intradermoterapia, o procedimento funciona por meio de pequenas agulhas que são injetadas diretamente no couro cabeludo. Pode ser utilizado o meso roler, uma espécie de rolo com diversas agulhas ou a semi-automática, onde a seringa remete a uma pistola. 

Dentro delas, estão substâncias capazes de auxiliar na produção de novos fios e na reestruturação de todo o sistema capilar. Essas substâncias são elaboradas a partir das queixas que cada paciente apresenta. O médico dermatologista ao realizar a primeira consulta, deve realizar um teste de alergia para verificar possíveis reações com a utilização das preparações 

Normalmente, são fórmulas que contem vitaminas, aminoácidos, anestésicos, antiandrógenos, medicamentos alopáticos e homeopáticos. Ao ativar a circulação sanguínea da área do couro cabeludo com a aplicação dessa mescla é possível perceber mudanças já partir da oitava semana da prática. 

Cada sessão dura aproximadamente de 30 a 45 minutos e pode ser realizada uma vez por semana ou a cada 15 dias. A duração do tratamento varia, já que cada organismo responde de maneira diferente aos estímulos, mas por norma, dura cerca de quatro meses. 

Existem contraindicações para a aplicação da mesoterapia capilar em casos de mulheres gestantes, pois ao entrar em contato com o sangue, as substâncias podem chegar até o bebê, causando problemas. Pessoas que tenham câncer, doenças inflamatórias no couro cabeludo, diabetes e hemofilia não devem escolher a intradermoterapia como forma de tratamento. 

Principais vantagens do método

O tratamento com mesoterapia capilar é uma alternativa para quem apresenta queda dos fios, porém ela oferece outros benefícios: 

– Aumenta a textura, a qualidade e o brilho os cabelos;

– Remove a caspa;

– Auxilia no crescimento capilar de maneira saudável e mais rápido;

– Aumenta a produção de queratina;

– Combate o surgimento de fios brancos;

– Ajuda no fortalecimento e resistência dos cabelos, em caso de calvície. 

Principais desvantagens da técnica

Porém, existem também algumas inconveniências na terapia. São elas:  

– Não provoca o surgimento de novos fios; 

– Em casos genéticos, a probabilidade do problema voltar é grande;

– Se a queda estiver em estágio avançado, o procedimento não apresentará resultados; 

– Pode provocar reações alérgica. 

Por se tratar de uma área muito sensível, é possível que durante o processo haja dor na região do couro cabeludo, porém o incômodo geralmente é aceitável.  Para obter bons resultados na mesoterapia capilar é fundamental que o procedimento seja realizado por profissionais de confiança, que possuam experiência na técnica e trabalhe com instrumentos descartáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here