Fitoterapia para dormir: 5 ingredientes que não podem faltar na sua despensa

0
312

Fitoterapia para dormir: 5 ingredientes que não podem faltar na sua despensa

A fitoterapia para dormir pode ser um importante aliado para combater a insônia. Muito antes de existirem as composições de remédios sintéticos, as plantas já estavam ao lado do ser humano na tarefa de curar doenças e disfunções do sono.

Sabe aquele chazinho que só a sua avó conhece? É muito provável que ela esteja certa quando afirma que pode te ajudar a dormir melhor. Nesse artigo vamos explorar alguns componentes importantes de remédios fitoterápicos que ajudam a dormir mais e melhor.

Fitoterapia para dormir: o que é

Os remédios fitoterápicos provêm de plantas, mas podem ser comercializados na sua forma natural, como chás ou como comprimidos comprados na farmácia. Geralmente a venda é feita sem prescrição médica – mas, é claro, você precisa ter moderação no uso. 

Onde encontrar remédios fitoterápicos para dormir em:

  • Lojas de produtos naturais
  • Farmácias
  • Supermercados
  • Feiras livres

A fitoterapia para insônia não costuma causar dependência, é por isso que é o meio preferido por muitos para conseguir uma melhora na qualidade e na quantidade de sono todas as noites. Mesmo assim é bom ter cautela e usar essa técnica apenas quando for necessário. O ideal é que, pouco a pouco, você comece a adquirir novos hábitos de sono e abandone a fitoterapia de uma vez por todas.

5 plantas que ajudam a dormir

1. Camomila

Talvez você já saiba sobre o poder da camomila para clarear cabelos castanhos e loiros ou para tratar dores de estômago. Outro fato interessante é que, há séculos, a planta é conhecida pelas suas propriedades calmantes, em forma de chá (natural) ou infusão (vendida em saquinhos de chá no supermercado).

No livro “20,000 secrets of tea”, Victoria Zak destaca a camomila como um dos mais poderosos ingredientes da natureza para equilibrar os nossos aspectos físicos, emocionais e mentais. Isso se deve à presença de apigenina, um componente natural capaz de induzir o sono e aliviar o estresse.

Onde encontrar: a camomila é facilmente encontrada, é barata e não causa dependência. Porém, seu uso é contra-indicado em pacientes alérgicos a pólen.

2. Maracujá

Lembra-se dos anúncios da Maracujina? Embora o jargão “toma uma Maracujina” tenha virado uma piada para os amigos mais estressados, o fato é que o maracujá tem, sim, substâncias calmantes. Inclusive, pessoas muito sensíveis à sua composição podem até ficar sedadas com uma boa dose do suco.

Mas por que o maracujá é um importante aliado da fitoterapia para dormir? É por causa do Harmano. Este é um alcaloide encontrado nas flores, folhas e nos frutos do maracujá que ajuda a dormir.

Onde encontrar: você pode encontrar o maracujá em fruto na feira ou no supermercado ou, nas casas especializadas em produtos naturais, encontrar as flores e folhas secas da planta, cuja concentração de Harmano é maior do que na própria fruta. Passiflora incarnata, um comprimido fitoterápico conhecido como Pasalix contém extrato de maracujá e é vendido em diversas farmácias no Brasil.

3. Valeriana

A valeriana foi muito usada como calmante na Inglaterra durante a II Guerra Mundial para aliviar os sintomas de estresse pós-traumático dos ingleses a seguir aos bombardeios. O que a planta faz é aumentar os níveis de ácido gama-aminobutírico, que quando está presente em grande quantidade no organismo, contribui para relaxar e induzir o sono.

Estudos conduzidos com 128 participantes, aos quais foram administrados 400mg de valeriana líquida reportaram uma diminuição do tempo que levam até pegar no sono e relataram ter despertado menos vezes durante a noite. O grupo de controle, que não recebeu a solução, não reportou melhora durante o período do estudo.

Onde encontrar: você pode encontrar a valeriana para dormir em casas especializadas em produtos naturais, em forma de folhas secas para fazer chá ou em raízes para ferver. A valeriana também pode ser encontrada em comprimidos, nas farmácias.

4. Lavanda

Nos tempos antigos, gregos e romanos utilizavam a lavanda em banhos de imersão calmantes e em aromaterapia. A planta, que é originária do Mediterrâneo, hoje cresce em praticamente todo o mundo, pelo que não é difícil encontrá-la.

Um estudo conduzido com 67 mulheres durante 12 semanas pedia que as participantes inalassem lavanda duas vezes por semana. Elas reportaram uma melhora para conseguir dormir 20 minutos após a realização da aromaterapia com lavanda. Outro estudo, feito com mães que haviam passado pelo parto recentemente, também revelou uma diminuição nos níveis de estresse e de depressão pós-parto.

Onde encontrar: a lavanda pode ser encontrada em casas de produtos naturais. Você pode ferver as folhas secas e consumir como chá ou inalar o aroma. Também é possível encontrar infusões de lavanda em saquinhos no supermercado – vá até a sessão de chás.

5. Magnólia

Uma planta com milhões de anos de história na medicina oriental, a magnólia é uma planta muito utilizada pelos chineses para aliviar desconfortos no trato digestivo e reduzir o estresse e a ansiedade. Este último, um dos maiores problemas para conseguir dormir à noite.

O sucesso dessa planta importante na fitoterapia para dormir se deve à presença do Honokiol, um composto que age de forma semelhante à valeriana, aumentando os níveis de ácido gama-aminobutírico, responsável por gerar aquela sonolência agradável.

Onde encontrar: a magnólia e o extrato de casca de magnólia podem ser encontrada em estabelecimentos de produtos naturais.

Esperamos ter dado uma ajuda sobre como a fitoterapia para dormir pode ajudar a melhorar a sua qualidade de vida. Converse com o seu médico antes de experimentar essas soluções e lembre-se que é sempre melhor buscar um calmante natural antes de procurar opções sintéticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here