Foliculite: couro cabeludo, como tratar?

0
448

Foliculite: couro cabeludo, como tratar?

Uma doença crônica em uma área sensível, essa é a foliculite no couro cabeludo. Foliculite trata-se de uma doença que pode afetar qualquer parte do corpo. A infecção da pele iniciada nos folículos pilosos, pode ser sinal de que você contraiu um fungo, um vírus ou até mesmo pode ter acontecido com você por conta de um pelo encravado. Grande parte dos casos de foliculite, couro cabeludo, pernas, região da virilhas, acabam por curar sozinhas. Sendo infecções superficiais. No entanto há alguns casos que merecem maior atenção para evitar cicatrizes e/ou perda de pêlo permanente.

As causas da foliculite: couro cabeludo e outras partes do corpo

Tendo em vista que nosso corpo é quase que completamente coberto por folículos pilosos, a chance de desenvolvermos foliculite pelo menos uma vez na vida são grandes. Há um local no corpo que tira o sono de muitas mulheres quando o assunto é foliculite: couro cabeludo.  Isso porque qual a mulher vaidosa não quer manter seus cabelos saudáveis, não é? E mais, as chances de haver uma perda permanente de certa região da cabeça pode até dar calafrios em algumas pessoas. A boa notícia é que embora recorrente a doença nessa parte do corpo pode ser tratada realizando uma boa higiene e tratamentos tópicos antibactericidas, receitados por um dermatologista. Em casos mais graves, em que a foliculite está em estágio avançado, é necessária a administração de antibióticos por via oral. No caso específico do couro cabeludo, a foliculite pode tomar proporções desastrosas levando à calvície de determinadas partes de sua cabeça. Isso ocorre por um estado avançado da doença em que o folículo capilar apresenta infecção profunda. No entanto, nem tudo está perdido, é possível realizar tratamentos medicamentosos a fim de resolver o problema.

Como prevenir foliculite: couro cabeludo

Você pode adquirir alguns hábitos que a farão ficar longe do problema da foliculite. Couro cabeludo, axilas, virilhas e outras partes do seu corpo se manterão saudáveis e contra esse incômodo. Acompanhe:

  • Mantenha as mãos muito bem lavadas e toque as lesões do seu pêlo apenas quando necessário.
  • Sabonetes e shampoos anti sépticos podem ser ótimos para evitar o acúmulo de bactérias, mas não exagere, eles podem desenvolver o efeito contrário, pois o excesso desses produtos acaba por tirar também a proteção natural da pele, propiciando o aparecimento de outros problemas relacionados com a pele.
  • Evite as roupas muito justas, elas mantém o suor retido e criam atrito da pele com o tecido. No caso da cabeça evite andar sempre de chapéus ou toucas.
  • Nunca fique com roupas molhadas. Nunca deixe seu cabelo envolto em uma toalha molhada mais que o  necessário.
  • Mantenha seu cabelo limpo e evite compartilhar pentes e escovas.
  • Mantenha uma dieta equilibrada, com o menor número de produtos que contenham açúcares e gordura animal.

Um dos problemas mais comuns de saúde é a foliculite. Couro cabeludo, pernas, braços, face e outras tantas partes do corpo podem ser acometidos por essa condição de saúde que nem, sempre é fácil de tratar. Observe seus hábitos de higiene e caso note algo diferente informe seu médico. Placas vermelhas, dor ou coceira são sinais de que algo não vai bem no seu couro cabeludo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here