Herpes no rosto: entenda o que é

0
199

Herpes no rosto: entenda o que é  

A manifestação de herpes no rosto é provocada por uma infecção causada por vírus que geralmente se localiza nos lábios. O mesmo vírus também costuma aparecer nos órgãos genitais. O herpes facial se manifesta por sintomas como coceira, ardor, formigamento. Às vezes, aparecem crostas no rosto, mas, em torno de uma semana, o problema desaparece.

Quando a pessoa tem uma baixa de resistência, o vírus começa a se multiplicar.A primeira infecção costuma ser mais grave e o restabelecimento completo, mais demorado. As lesões do herpes facial  podem se espalhar pelos dois lados do rosto ou dentro da boca, com aspecto semelhante ao das aftas.

No rosto, temos também o herpes-zóster, provocado por um vírus da mesma família do herpes simples mas com lesões mais extensas associadas à dor intensa .O tratamento precisa ser mais agressivo, porque a doença é mais grave.

 

Herpes no rosto: transmissão

 

A transmissão do herpes no rosto geralmente se dá pela boca ou pelo contato direto dos fluidos das vesículas. A pessoa tem uma feridinha, entra em contato direto com o vírus pelo beijo ou pela saliva, por exemplo, e, assim, ele penetra e procura um nervo onde fica latente até provocar uma infecção. O herpes facial também pode ser desencadeado por estresse , fadiga ou exposição solar.

 

Herpes no rosto: tratamento

 

Não existe tratamento eficaz contra o vírus no rosto. Os medicamentos antivirais por via oral são os mais indicados, mas geralmente, o resultado apresenta poucas melhoras. Orienta-se ao portador que mantenha cuidados locais de higiene. Aconselha-se a não furar as bolhas.

Vacinas e microbicidas para aplicação tópica estão sendo testados. Porém, ainda sem resultados positivos.

 

È importante saber que o herpes no rosto não tem cura e o tratamento com antivirais além de caro, não é eficiente, nem definitivo. Alguns médicos preconizam o uso de antivirais por tempo prolongado para diminuir o número de crises em pessoas que apresentam quadros frequentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here