Introdução alimentar bebê: quando posso incluir novos alimentos além do leite?Introdução alimentar bebê

0
271

Introdução alimentar bebê: quando incluir alimentos além do leite?

A Organização Mundial da Saúde estima que a cada cinco crianças de até cinco anos, duas delas tenham problemas de nutrição. É por isso que a própria organização recomenda a introdução de alimentos sólidos na dieta do bebê a partir dos 6 meses de idade como complemento ao aleitamento materno.

Dicas para introdução alimentar bebê

Embora a OMS recomende que a introdução alimentar bebê deve acontecer a partir dos 6 meses de idade, pode ser que o seu filho seja mais apressadinho ou que tenha um ritmo mais lento – e isso não significa nada de errado. Alguns sinais de que está na hora de introduzir a alimentação sólida na dieta:

  • Quando o bebê consegue ter firmeza suficiente no pescoço para suportar a cabeça e ficar sentado sozinho;
  • A criança fica curiosa, observando tudo ao seu redor – especialmente o que você está comendo;
  • O bebê já perdeu o reflexo da língua que empurra a comida para fora da boca;
  • A criança ainda apresenta sinais de fome, mesmo após ter ingerido a quantidade de leite que normalmente consome em um dia.

Pode acontecer antes dos seis meses? Sim, pode acontecer a partir da metade dos quatro meses ou aos cinco, mas nunca ofereça papinhas e outros alimentos sólidos antes dos quatro meses de idade, ok?

Devo continuar o aleitamento após a introdução alimentar do bebê?

O ideal é que você amamente a criança até que atinja um ano de idade, quando já está pronto para consumir leite integral. Durante esse período de transição, a amamentação é importante para a nutrição do bebê e para o estreitamento dos laços com a mãe – não deixe de lado o aleitamento.

Amamente o bebê de manhã, antes ou depois das refeições e antes de dormir. No começo, você vai ter que experimentar várias opções, mas temos algumas dicas: se o seu bebê bebe muito leite, tente oferecer a papinha antes de amamentar. Se bebe uma quantidade regular, aí sim você pode tentar o contrário. Entre os 7 e os 10 meses, seu bebê provavelmente vai ingerir a maior quantidade de calorias pelo leite, por isso as refeições servem mais para que a criança se acostume a comer e conheça os sabores e texturas dos alimentos.

  • Até os 9 meses: se o bebê consome fórmulas, procure oferecer de 500ml a 800ml por dia. Se ainda mama, amamente a cada 3 ou 4 horas.
  • De 9 a 12 meses: se consome fórmula, de 500ml a 650ml diários. Se ainda mama, ofereça leite materno a cada 4 ou 5 horas.

Assim que o seu bebê entender o conceito de comer e estiver animado e interessado nas refeições, procure começar uma rotina de café da manhã, almoço e janta sempre no mesmo horário. Mesmo que não tenha fome, a criança vai ficar acostumada a comer nos horários certos – se for esse o caso, evite forçar ou pressionar o bebê a comer, simplesmente desista da ideia e siga em frente.

Desde que começar a introdução alimentar bebê, o leite materno vai, pouco a pouco, deixar de ser o protagonista da alimentação para se tornar um complemento, como as bebidas no geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here