Leite de transição: como passar por esta etapa da amamentação

0
294

Leite de transição: como passar por esta etapa da amamentação

O leite materno é essencial para a saúde da criança, uma vez que fortalece o vínculo afetivo entre mãe e filho. Além de nutrir o bebê, preenchendo totalmente suas necessidades alimentares básicas, adapta-se ao seu crescimento, alterando a sua composição de acordo com as necessidades do bebê. 

O leite de transição refere-se a uma das três etapas do leite materno, além do colostro e do leite maduro. Os ingredientes são idênticos nas três fases, porém há uma alteração nos níveis, quantidade e características do leite em cada uma das fases. Concretamente, o leite de transição é a etapa entre o colostro e o leite maduro, e acontece entre o segundo e o quinto dia depois do nascimento da criança, prolongando-se por cerca de 12 dias. 

Separamos aqui algumas dicas e explicações sobre o leite de transição.

Diferenças entre o leite de transição e o colostro

  • Tem uma cor mais parecida com o leite maduro. Cor acinzentada, aspecto aquoso.
  • Tem maior concentração de gorduras, vitaminas e açúcares.
  • Maior aporte calórico. Isso ajuda na recuperação do peso perdido nos primeiros dias de vida.
  • Menor quantidade de proteínas e anticorpos.
  • Maior quantidade de leite produzido. Passa de mais ou menos 6 ml  para 600 ml por dia. Ou seja, 100 vezes mais!
  • Menor quantidade de cloreto de sódio (sal).
  • Menor concentração de zinco, cobre e magnésio.

Leite de transição: Curiosidades!

Na amamentação  exclusiva, o bebê não deverá ingerir água ou nenhum outro suplemento além do leite materno.

Na fase do leite de transição, pode haver aumento repentino da quantidade de leite produzido, um inchaço e, por vezes, dor nas mamas. É o que se chama de ”subida do leite.” Para alívio do quadro, é necessário amamentar o bebê frequentemente durante os primeiros dias, pois ajuda a diminuir a pressão e consequentemente a dor.

Para facilitar a saída do leite, massageie suavemente a mama com movimentos circulares em direção ao mamilo.

Estimule levemente os mamilos entre o dedo indicador e o polegar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here