Meditação mindfulness: o que é e como praticar?

0
439

Meditação mindfulness: o que é e como praticar?

Imagine que consegue ter uma clareza mental capaz de a trazer para o momento presente e assim auxiliá-la a tomar decisões, controlar emoções e pensamentos. Esses são alguns dos benefícios da meditação mindfulness, prática que auxilia na atenção da consciência por conta da percepção real dos acontecimentos.

 

Qualquer pessoa pode praticar a meditação mindfulness e não necessita de nenhum preparamento prévio. Ela pode ser feita durante um passeio no parque com o cachorro, em alguma atividade manual ou até enquanto cozinha.

Meditação mindfulness: como praticar?

Também chamada de atenção plena, a meditação mindfulness possui uma influência das filosofias asiáticas do Budismo e Hinduísmo, porém com a técnica da psicologia ocidental. Para a prática não é necessário que esteja necessariamente sentado, em posição de meditação e com os olhos fechados. O importante é que você esteja presente de corpo e mente, como nos seguintes exemplos:

 

– Ao iniciar o banho, tente se concentrar no momento presente, sentindo por onde a água passa pelo se corpo, focando na maneira como ela desliza sobre você.

 

– Repare nas atividades simples da sua rotina diária. Ao escovar os dentes, perceba os movimentos, a maneira como as cerdas encostam nos dentes. Se for lavar a louça, perceba o contato das suas mãos.

 

– Perceba os sons ao redor, seja dos carros passando na rua, o miado do gato do vizinho ou o barulho da chuva a cair. Se preferir uma música, tente identificar cada instrumento.

 

– Em um local calmo e arejado, procure uma posição confortável e sinta o ar entrando e saindo dos pulmões de maneira consciente. Se necessário, conte quantas vezes você repete cada respiração e inspiração.

 

– Ao abrir as janelas da sua casa, tente perceber quais locais o sol atinge e a sensação que isso provoca em você

Principais benefícios da meditação mindfulness:

Conheça algumas das vantagens ao praticar a técnica de atenção plena:

 

– Proporciona menos ansiedade e depressão, ampliando o foco nas atividades corriqueiras do dia;

 

– Ajuda no consumo consciente das refeições, o que consequentemente acaba a auxiliar na escolha de alimentos mais saudáveis e na perda de peso. Ao sentir-se ansiosa é comum acabar comendo sem perceber o nível real de fome. Outro fator importante de ganho é a concentração ao mastigar e a percepção em relação ao sabor dos alimentos;

 

– Oferece um bem-estar mental capaz de reduzir o estresse e auxiliar na convivência com doenças crônicas e de alto risco, como doenças autoimunes, doenças cardíacas, problemas respiratórios, HIV e câncer;

 

– Um dos principais benefícios da atenção plena é a melhora do desempenho intelectual por conta da memória, foco e concentração no aprendizado;

 

– Traz para mente pensamentos positivos que ajudam a viver melhor, com mais atitude, controle e confiança;

 

– Como em um choque de realidade, a meditação mindfulness ajuda na tomada de decisões, pois ajuda a abrir a mente para a veracidade da vida à sua volta.

 

O ideal é conseguir encontrar um meio termo entre a atenção contínua da meditação mindfulness e a pausa mental. Estar atento ao momento presente importante para o desenvolvimento das atividades, porém a mente mais aberta e vaga, pode trazer inúmeros benefícios quando o assunto é criatividade e imaginação. Para tudo na vida, o equilíbrio sempre é o melhor caminho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here