Micropigmentação capilar: tatuagem que disfarça calvície e dá volume

0
429

Micropigmentação capilar: tatuagem que disfarça calvície e dá volume

Se você sobre com a queda de cabelo, não está sozinho. Cerca de 42% dos homens entre 18 e 49 anos serão, um dia, afetados por algum grau de queda de cabelo. É verdade que a queda de cabelo evolui com a idade, mas pode começar a acontecer em homens de diferentes idades – principalmente homens que sofrem com a calvície hereditária. 

Embora não tenha cura, a micropigmentação capilar é a estratégia que muitos homens adotaram para disfarçar a falta de cabelo. Saiba mais sobre esse tratamento estético e veja se é interessante para o seu caso.

Por que estou perdendo cabelo?

Antes de falarmos mais sobre a micropigmentação capilar, vamos entender um pouco mais sobre os motivos da calvície. Geralmente, pode ser proveniente dos seguintes fatores:

  • Genética: se o seu pai e o seu avô são calvos, há grandes chances de você também ser. A condição pode afetar mulheres, também, mas em menor intensidade – o cabelo delas fica mais ralo.
  • Hormônios: desequilíbrios hormonais não acontecem só nas mulheres. Homens com alta concentração de diidrotestosterona têm como efeito a queda de cabelo. Um exame endocrinológico pode atestar essa condição e a compensação hormonal ajuda a evitar a queda.
  • Idade: é natural que os cabelos comecem a cair por conta da idade porque o corpo não tem mais a mesma velocidade para desenvolver novos cabelos após a queda.
  • Tabagismo e alcoolismo: se você sofre de uns desses males, tente parar antes de fazer qualquer tratamento. Após alguns meses, você vai se surpreender com a recuperação da saúde.

Micropigmentação capilar: o que é

É um processo estético de microagulhamento que funciona como uma tatuagem e imprime pigmentos na pele. A micropigmentação cria a aparência de folículos capilares, o que dá a impressão de que há mais cabelos do que existem de fato. 

Também é indicada para homens e mulheres que não necessariamente têm calvície, mas que apresentam falhas ou têm o cabelo muito fino, o que expõe o couro cabeludo.

Como a micropigmentação capilar é feita?

Geralmente, é aplicada em duas ou três sessões. É um tratamento demorado e quantidade de dias ou horas necessárias vai depender da área a ser micropigmentada e do estilo que deseja.

Antes da sua primeira sessão, você irá conhecer o profissional que fará o tratamento. Peça referências sobre o trabalho, indicações de estilos para o seu estilo, cor, densidade e sombra da sua micropigmentação.

Durante a sessão, você sentirá um pouco de dor quando cada ponto for aplicado e formará uma pequena ferida. Depois de alguns dias, também formará uma casquinha que você deixar cair. Essa casquinha, por sua vez, levará um pouco do pigmento com ela. Por isso, não se assuste com o resultado da sessão porque a tendência é que “desbote” quando as casquinhas caírem, geralmente uma semana após o tratamento.

Além disso, em áreas maiores, será necessário aplicar técnicas de sombra à sua pigmentação. Isso vai fazer com que o resultado fique mais natural e para que o tratamento seja mais duradouro. Geralmente, nas primeiras sessões serão aplicados pigmentos mais claros.

2. Quanto tempo demora?

A quantidade de tempo que demora para o tratamento de micropigmentação capilar varia bastante. A primeira sessão costuma durar de 4 a 5 horas, enquanto que as sessões seguintes demoram cada vez menos.

3. Como é a pós-micropigmentação?

Você precisa tomar alguns cuidados após a micropigmentação, mas não vai precisar de repouso absoluto nem de mudar a rotina. Nos primeiros dias, o que mais precisa evitar é tocar na região, praticar atividade física, se expor ao sol ou lavar a cabeça com shampoo.

A pele da região vai ficar irritada e avermelhada nos dois primeiros dias. O espaço entre uma sessão e outra é de, no mínimo, 7 dias.

4. Existem efeitos colaterais?

Existem pouquíssimos efeitos colaterais. Seu couro cabeludo vai ficar um pouco avermelhado. Depois de alguns dias, os folículos vão formar casquinhas que caem e você não deve mexer. Essas casquinhas vão levar um pouco do pigmento embora, como falamos anteriormente.

5. Quanto custa?

O custo da micropigmentação capilar depende de alguns fatores: o local escolhido, o tipo de procedimento, o efeito desejado e o tamanho da área que será micropigmentada. Em um bom lugar com profissionais capacitados, o tratamento custará entre R$ 4.500 e R$ 6.000. 

Tratamentos mais baratos também existem, mas é a experiência do profissional para entender o seu tipo de rosto e o seu estilo aliados à técnica para criar os efeitos de sombra necessários para fazer um bom trabalho. Pense em tudo isso.

6. Quais são as desvantagens da micropigmentação capilar?

Existem alguns contras, também. Por sorte, são poucos e dependem do cuidado e da flexibilidade de quem se submete ao tratamento:

  • A micropigmentação capilar é um procedimento permanente – é uma tatuagem – alguns homens podem ver isso como desvantagem porque a remoção só é feita com laser, e ainda não totalmente;
  • A exposição prolongada ao sol e aos raios UV pode aumentar o risco de desbotamento precoce. Isso requereria mais retornos à clínica para retoques e mais dinheiro investido (que não precisaria ser gasto se fossem tomados os cuidados);
  • É necessário manter o corte de cabelo sempre com um pente baixo.

Agora que já sabe mais sobre a micropigmentação capilar, veja com o seu dermatologista se é o tratamento mais indicado para o seu caso e faça os exames para descobrir a origem da sua calvície – quando não é genética, há possibilidade de tratar sem precisar investir nesse tratamento. Boa sorte!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here