O que é osteopatia? Benefícios e objetivos do tratamento

0
386

O que é osteopatia? Benefícios e objetivos do tratamento

Você sabe o que é osteopatia? Desenvolvida há mais de 150 anos por um médico do  Missouri, Estados Unidos, a osteopatia é uma técnica sutil, que utiliza a palpação do corpo com o intuito de o conhecer melhor, e assim detetar e identificar eventuais disfunções.

Ao invés da massagem, na osteopatia, a palpação é usada para identificar problemas como congestão, desidratação, cicatrização e rigidez, enquanto restaura a função adequada dos ossos, músculos, fluidos e órgãos.

Ao contrário de outras terapias manuais, a osteopatia é baseada em princípios individuais, o que significa que cada indivíduo tem necessidades próprias, e pessoas aparentemente com o mesmo problema não irão, necessariamente, receber o mesmo tratamento. Acompanhe o artigo para saber mais sobre o que é a osteopatia.

O que é osteopatia terapêutica?

Para entender o que é a osteopatia, precisamos começar por dizer que se trata de uma terapia  manual não invasiva, sem drogas, que visa melhorar a saúde em todos os sistemas do corpo, manipulando e fortalecendo a estrutura musculoesquelética.

O osteopata irá se concentrar nas articulações, músculos e coluna, e através das mãos, tenta afetar positivamente os sistemas nervoso, circulatório e linfático do corpo. A medicina manual significa que tanto o diagnóstico como o tratamento são realizados apenas com as mãos, o que demanda um verdadeiro conhecimento por parte do especialista.

Deve-se salientar que a osteopatia é uma terapia complementar, e em geral é utilizada como parte de um programa de saúde que envolve a medicina tradicional. A osteopatia é uma das medicinas alternativas que mais cresce nos dias de hoje, por conta da vida moderna e dos problemas de saúde a ela associados, principalmente na zona lombar.

 

Entenda o que é osteopatia e para quem se destina

A osteopatia implica uma abordagem holística e integral do corpo de saúde, pois utiliza técnicas manuais para melhorar a circulação e corrigir a biomecânica alterada, sem qualquer medicação complementar.

O médico osteopata, quando realiza a terapia, não se concentra apenas na área problemática, mas usa técnicas manuais para equilibrar todos os sistemas do corpo e para proporcionar boa saúde e bem-estar geral do paciente.

 

Eventualmente, o osteopata pode achar necessária a toma de medicamentos ou pequenas intervenções cirúrgicas como complemento ao tratamento tratamento holístico e manual, mas isto não é uma prática comum.

 

  • A osteopatia usa uma forma não-invasiva, livre de medicamentos, uma terapia manual que incide sobre a saúde de todo o corpo, não apenas a parte lesada ou afetada;
  • O médico osteopata se concentra nas articulações, músculos e coluna;
  • A intervenção osteopática pode ajudar a tratar artrite, dores nas costas, dores de cabeça, problemas digestivos e problemas posturais;
  • O tratamento também pode ajudar nos ciclos do sono e nos sintomas nervosos, circulatórios e linfáticos.

 

Agora que você já conhece e sabe um pouco mais sobre o que é osteopatia, e se acredita que poderia se beneficiar a técnica, busque por um médico de confiança e agende uma consulta. Em geral, pessoas com problemas musculares e posturais costumam se beneficiar da técnica manual, demonstrando grandes resultados ao fim do tratamento.

 

Referências Bibliográficas

http://osteopatiabrasil.org.br/sobre-a-osteopatia/

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here