Como escolher a poltrona de amamentação perfeita?

0
381

Como escolher a poltrona de amamentação perfeita?

A poltrona de amamentação é uma das melhores amigas das mães e dos bebês no momento do aleitamento materno. Acredite: vale a pena ter uma!

A amamentação é um dos momentos mais especiais da maternidade, mas também um dos mais difíceis. Por isso, encontrar uma posição confortável e acolhedora tanto para a mãe quanto para o bebê é fundamental durante a alimentação do pequeno e, nesse quesito, a poltrona de amamentação é uma boa aliada.

A poltrona de amamentação foi pensada justamente para auxiliar as mães durante o processo de aleitamento, oferecendo o suporte necessário, especialmente para braços, costas e cabeça, para segurar o bebê com segurança e aconchego durante um tempo considerável.

Parecida com a cadeira do papai, a poltrona de amamentação é mais larga na altura do tronco, de modo que a mãe consiga acomodar o bebê e dobrar os braços. Quem já provou sabe o quanto é prática e algumas vêm até com balanço para embalar o bebê após a amamentação.

Como escolher a poltrona de amamentação

Há vários modelos de poltronas de amamentação disponíveis, das giratórias às com balanço, de tecido ou madeira, mais antigas ou com designes modernos… Vai do gosto de cada mãe e da decoração do quarto de cada bebê, mas é preciso ter atenção a alguns pontos importantes.

A poltrona de amamentação será usada por um tempo considerável se levarmos em conta a indicação da Organização Mundial da Saúde para o aleitamento materno: exclusivo até os 6 meses e recomendado até os dois anos de idade. Por isso, tenha atenção à resistência do material da poltrona para não se frustrar com um produto que não durou o tempo necessário. Na hora da compra, experimente bastante, se acomode confortavelmente e sinta como o encosto “abraça” seu corpo. Isso fará toda a diferença. Observe também esses fatores:

1.Braços

Escolha uma poltrona com apoio para os braços, pois eles irão ajudar a mãe a descansar enquanto segura o bebê. É importante ter atenção à altura dos braços, eles não podem ser muito baixos nem muito altos. O ideal é que eles mantenham o alinhamento do ombro para evitar dores e tensões na região.

2.Cabeça

É muito importante escolher uma poltrona onde a mãe consiga encostar a cabeça. Isso, aliado ao descanso dos braços, ajuda a deixar o corpo mais relaxado durante o aleitamento, especialmente nas mamadas noturnas, quando o cansaço é ainda maior.

3.Pés

Se possível, escolha um modelo acompanhado de puff para os pés, que dão ainda mais conforto. Mas se não for esse o caso, é importante escolher uma poltrona de amamentação que deixe os pés totalmente apoiados.

4.Região lombar

A posição ideal para amamentação é quando a região lombar da coluna está totalmente apoiada no encosto da poltrona. Por isso, a ergonomia é muito importante.

De olho na postura

Deve-se ressaltar que a amamentação ainda é uma novidade tanto para o bebê quanto para a mãe – especialmente as de primeira viagem – e, apesar de não existir uma única posição para amamentar, algumas regras básicas devem ser respeitadas.

O corpo do recém-nascido precisa ficar alinhado, pois estará em uma posição desconfortável se ficar virado, dobrado para frente ou para trás. A mamãe deve acomodar o bebê de frente para a mama, com o nariz apontado para o mamilo e o queixo tocando o peito ou quase lá. É importante que o bebê seja levado à mama e não o contrário, para que ambos fiquem confortáveis durante a amamentação.

Outra dica valiosa é escolher um cantinho tranquilo para colocar a poltrona de amamentação, pois o barulho pode tirar a atenção do bebê. Nem toda mãe sabe, mas dar de mamar dá muita sede, por isso, deixe sempre um copo de água ao alcance da mão para não precisar interromper a mamada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here