Você sabe quanto tempo dura a menopausa?

0
235

Você sabe quanto tempo dura a menopausa? 

Talvez seja uma das questões que as mulheres mais fazem, e a verdade é que é uma questão difícil de ser respondida! Para perceber porquê, temos que entrar em alguns conceitos importantes sobre o que é menstruação, climatério, menopausa, perimenopausa e pós-menopausa. 

Entenda melhor o processo e quanto tempo dura a menopausa.

Menstruação é o sangramento mensal pela vagina com duração média de 4 a 5 dias. Começa por volta dos 12 anos e acaba em torno dos 50 anos, quando se dá a menopausa. 

Climatério é uma série de manifestações que antecedem e podem permanecer após a menopausa, causadas por variações hormonais. Dura em média de 10 a 15 anos para a maioria das mulheres.

Perimenopausa é a fase de transição entre a vida reprodutiva para a não reprodutiva. Esta fase antecede a menopausa e dura em torno de 5 anos.

Menopausa é a cessação definitiva da menstruação, só considerada após constatação de amenorréia (sem menstruação) num período de 12 meses consecutivos. Ocorre, em geral, entre os 45 e 55 anos.

Pós-menopausa é a fase que segue a menopausa.

Afinal, quanto tempo dura a menopausa?

Na verdade, para saber quanto tempo dura a menopausa, referimo-nos aos sintomas relacionados às alterações hormonais (diminuição dos níveis de estradiol, progesterona e aumento das gonadotrofinas hipofisárias), que começam a se manifestar antes mesmo da menopausa. Esse tempo e os sintomas variam caso a caso.

Estudos realizados nos EUA, evidenciaram que a duração média dos sintomas da menopausa é de 5 a 6 anos. A mesma pesquisa também constatou que cerca de 20% das mulheres ainda sofriam com as ondas de calor após 13 anos. Um número grande de mulheres na menopausa apresentam esse sintoma.

Sintomas da menopausa

  • Ondas de calor;
  • Os fogachos são sensações súbitas de calor principalmente na face e na cabeça. Quando ocorrem durante o sono, são chamados de suores noturnos. Podem ser desencadeados por alimentos apimentados, estresse, calor, álcool e cafeína. Bastante frequentes na menopausa;
  •  Irregularidade menstrual: geralmente, é o primeiro sintoma;
  • Sintomas de depressão;
  • Diminuição da líbido;
  • Alterações na pele, que perde a elasticidade. Os cabelos e as unhas ficam quebradiços;
  • Alterações de humor;
  • Secura vaginal;
  • Perda de massa óssea caracterizada como osteopenia e osteoporose;
  • Manifestações urogenitais. As queixas mais frequentes são incontinência urinária, urgência, disúria (micção dolorosa);
  • Insônia;
  • Cefaléia
  • Fadiga;
  • Distúrbios de memória;
  • Alterações na distribuição da gordura do corpo: o tecido fibroglandular mamário é substituído por tecido gorduroso, que também se deposita mais na região abdominal;
  • Risco aumentado de doenças cardiovasculares: a doença coronariana é a principal causa de morte depois da menopausa;
  • Mastalgia (sensibilidade nos seios);
  • Aceleração da frequência cardíaca;
  • Dores musculares e articulares;

Causa da menopausa

A maioria das mulheres quando nasce tem cerca de 1 a 3 milhões de óvulos, que são expelidos ao longo da vida a cada mês.

Quando a menopausa se aproxima, restam poucos óvulos e os ovários tornam-se menores, diminuindo a produção de estrogênio e progesterona. À medida que as concentrações hormonais diminuem, intensificam-se os sintomas.

Tratamento

A terapia hormonal (TH) visa o alívio dos sintomas vasomotores (fogachos), urogenitais (secura vaginal, incontinência urinária) e prevenção de osteoporose. 

Existem contraindicações para a prescrição da TH, tais como: risco de doenças cardiovasculares, distúrbios hepáticos, trombose, câncer de mama e de endométrio.

As mulheres que não desejam fazer uso de TH ou apresentam contra indicação ao uso ou intolerância, podem optar por tratamentos alternativos não hormonais.

É importante também adquirir um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada (baixo teor de gorduras e carboidratos e rica em grãos e cálcio), exercícios físicos regulares e redução no consumo de álcool, fumo e cafeína.

A menopausa é um acontecimento fisiológico que pode deixar repercussões físicas e psicológicas, uma vez que a queda hormonal traz grandes prejuízos para o cérebro, pele, vasos sanguíneos, ossos, útero, sistema urinário e coração. No sentido de mitigar estes efeitos, aconselha-se a adoção de algumas medida preventivas, que vão melhorar a qualidade de vida da mulher, mas também ajudar na prevenção das doenças correlacionadas. Saber quanto tempo dura a menopausa é muito difícil, pois varia de caso para caso, mas a duração média dos sintomas de menopausa é entre 5 a 6 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here