Radiestesia genética: a energia transmitida entre as gerações

0
142

Radiestesia genética: a energia transmitida entre as gerações

A família sofre sempre as mesmas tragédias? O problema pode ser a má energia genética.

Radiestesia é uma palavra que une dois termos:  RADIUS, expressão do latim que significa radiação ou raio, e AISTHESIS, palavra grega que significa sensibilidade a captação. Desse modo, essa ciência estuda a sensibilidade à captação das frequências de energia. Através dos “biosensores” naturalmente presentes na mente, somos capacidade de sentir qualquer tipo de energia vinda de seres vivos, como pessoas, animais e plantas, ou mesmo de imóveis, comidas e objetos. Entretanto, atualmente já está provado que essas energias podem vir também de fatores genéticos. É isso que a radiestesia genética pesquisa.

A radiestesia já era utilizada desdes os tempos do Egito antigo, mas, o estudo genético que trabalha as possíveis causas de origens das doenças e outros problemas nos antepassados dos pacientes é mais recente. Ela explica, por exemplo, que determinadas doenças que aparecem sem uma razão podem ser frutos de emanações energéticas nocivas herdadas que estão desorganizando a energia da pessoa ou do local.

Segundo a radiestesia genética, também conhecida como RADGEN, o ser humano carrega dois “DNAs”, um genético e outro energético, que transmite a vibração dos antepassados e, assim, os descendentes acabam carregando as energias e repercutindo as histórias. Um exemplo: quem nunca alguém dizer que o bisavô, o avô, o pai e agora ele, todos eram grandes empresários e faliram? Esse é um caso de DNA energético.

A radiestesia, de um modo geral, tem se mostrado um importante instrumento para diagnóstico e tratamento tanto de pessoas como animais, plantas e até casas e comércios, além de poder ser usada para controle de pragas e localização de pessoas ou objetos desaparecidos. A técnica se baseia na telepatia, já reconhecida como ciência nos EUA, onde o radiestesista, após muito treino, disciplina e respeito, atua como um tipo de antena de captação das frequências de energia.

Inúmeros fatores podem afetar seu campo energético sem que você perceba. Uma tatuagem, seja pela cor, tamanho, forma ou local, pode causar um desarranjo nocivo à sua energia ou mesmo da sua família, animais e plantas. Outros casos são cicatrizes, locais da casa ou do trabalho, objetos de decoração e até alguns alimentos.

Antenas de celular, postes de alta tensão, energias telúricas que emanam de veios de água subterrâneos, emissão de gases como radônio e urânio, fraturas tectônicas, formas geométricas dos imóveis e dos vizinhos também devem ser analisados como focos de energia intrusa.

 

Indicações da radiestesia genética

Pessoas batalhadoras, honestas e íntegras que têm tudo para serem um sucesso na vida, mas por alguma razão não deslancham nos projetos ou famílias onde as tragédias se repetem podem sugerir um tratamento com RADGEN para neutralizar o gene energético e interromper o processo. A técnica também pode ser eficiente para crianças com sono muito agitado, que costumam acordam assustadas, ou pessoas que sofrem com traumas de origem desconhecida.

Sabe aquele local onde abre um comércio, mas logo fecha, daí abre outro que também não dura muito tempo e por aí vai? O problema pode estar na emanação energética negativa no espaço. O mesmo pode acontecer em casas onde os eletrodomésticos quebram constantemente ou com focos de incêndio e infiltração.

A radiestesia genética permite que o campo energético se mantenha em equilíbrio e vibrando bem. Assim, tudo flui naturalmente, as pessoas e animais não adoecem, as plantas crescem e tudo em volta cria um ambiente de felicidade e bem estar. O mais importante é saber que a Radiestesia está em todos os seres humanos desde seu nascimento para ajudá-lo a ter conhecimento da força da sua mente e como usá-la para o bem próprio e do outro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here