Radiofrequência no rosto: tratamento seguro para flacidez e redução de rugas

0
269

Radiofrequência no rosto: tratamento seguro para flacidez e redução de rugas

A radiofrequência no rosto é um tratamento estético que estimula a contração e a produção  das fibras de colágeno, combatendo a flacidez e as rugas. É indicada principalmente para boca, testa, bochechas, papada e nas regiões em volta dos olhos.

Como o tratamento funciona

O tratamento consiste na emissão de ondas eletromagnéticas no rosto, que atingem a camada gordurosa, aumentando a temperatura local. Isso  aumenta a circulação sanguínea, a oxigenação dos tecidos e estimula a formação de fibras de colágeno, que dão firmeza à pele. A radiofrequência não deve ser realizada junto à tireóide.

A técnica é não invasiva, é indolor e segura. Cada sessão dura cerca de 15 a 30 minutos. Os resultados da radiofrequência no rosto dependem da  resposta individual de cada paciente, mas geralmente as modificações são rápidas. Os profissionais de estética indicam a realização mínima de 3 sessões, que devem ser feitas com intervalo de 15 a 30 dias. São realizadas sessões anualmente para manutenção.

Tipos de radiofrequência no rosto 

Radiofrequência monopolar – Um eletrodo atingindo uma profundidade de até 6 mm.

Radiofrequência bipolar- O eletrodo de saída e o de retorno é a própria ponteira. A técnica apresenta um efeito mais superficial de até 2mm.

Radiofrequência tripolar- Os três eletrodos estão na mesma ponteira. A profundidade da penetração da energia é, aproximadamente, a distância média entre os eletrodos.

Terapias combinadas

Atualmente, existem equipamentos de radiofrequência que trazem outras tecnologias associadas para potencializar o efeito, como o vácuo, que maximiza a penetração da energia na área tratada.

Radiofrequência no rosto: riscos e contraindicação

O rosto é uma das áreas corporais com maior risco de queimadura. A temperatura da pele não pode ultrapassar 41° C, já que temperaturas superiores podem deixar marcas de queimadura.

A radiofrequência é contraindicada no caso de pessoas com marca-passo, prótese metálica nos ossos da face ou obturação metálica nos dentes. Gestantes, quem tem alguma infecção ou ferida no rosto ou faz uso de anticoagulantes também não deve realizar o procedimento.

A radiofrequência no rosto apresenta resultados satisfatórios para o tratamento de flacidez e redução das rugas, porém é necessário que a pessoa saiba dos riscos e das contra-indicações antes de realizar o procedimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here