O que é reflexologia?

0
362

O que é reflexologia?

É uma técnica da Medicina Natural que utiliza massagens. Ela consiste em estimular pontos, chamados de zonas reflexas, que correspondem a todas as partes do corpo.

Os estímulos são feitos com os dedos das mãos e portanto, para não lesar o paciente, as unhas têm que ser bem aparadas. A pressão exercida é por cerca de no mínimo 20 segundos com uma intensidade razoável para não causar dor .

Quando a energia do nosso corpo é bloqueada, não chegando a algum órgão, o mesmo fica doente. Ao se massagear os pontos reflexos, referentes àquele órgão, ocorre o desbloqueio e a energia volta a circular, restabelecendo-se assim a saúde e o equilíbrio do organismo.

O principal objetivo é tratar o corpo como um todo. O método foi muito utilizado pelos chineses e egípcios mas ainda não há estudos científicos que comprovem sua eficácia na cura de doenças.

 

Saiba quais os  tipos de Reflexologia

 

Tipos  relacionados à região que passará pela massagem:

.podal:

Nas plantas dos pés. É a mais utilizada.

.facial:

Destinada aos músculos do rosto.

.palmar:

Nas  mãos.

.auricular:

Nas orelhas

.vertebral:

Na coluna

.cranial:

No crâneo

 

Como a técnica funciona:

Essas áreas estão dispostas de tal maneira a formar um mapa do corpo. Nos pés e nas mãos, os lados correspondem aos lados do corpo.

Em geral, estimulam-se as zonas correspondentes aos órgãos com o uso das duas mãos. Mas há casos em que não, como na zona do coração, que está somente do lado esquerdo e, portanto,  a técnica, nesta área, usa somente a mão esquerda. Outro caso é a vesícula biliar, que, como está só no lado direito do corpo, exige um trabalho apenas da mão direita.

Indicações:

É indicada em casos de tensões, dores musculares e de cabeça, redução de inflamações, melhora da circulação sanguínea e também para a ansiedade e o fortalecimento do sistema imunológico.

Também tem grande eficácia no suporte para o tratamento oncológico, sendo utilizada, nesse caso, para diminuir os efeitos da quimioterapia como náuseas e vômitos.

Contra-indicações:

Gravidez, fraturas nas áreas, varizes , dermatite, doença degenerativa, diabetes, marca-passo

Não deve ser aplicada em pacientes com febre, inflamação grave ou trauma físico, trombose,  com DIU, em casos de câncer em estágio terminal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here