Sutiã de amamentação: qual o mais indicado?

0
318

Sutiã de amamentação: qual o mais indicado?

 

Durante a gestação e após o parto, o corpo da mulher sofre diversas transformações, em especial os seios. Parece fácil, mas encontrar um bom sutiã de amamentação que consiga unir a praticidade, com design ao mesmo tempo que seja confortável é um pouco difícil.

 

A facilidade do sutiã de amamentação é essencial na rotina da maternidade, porém é preciso estar atenta em qual modelo se adapta melhor ao seu corpo: o material, as alças, os botões e ganchos, as capas…

 

Sutiã de amamentação: dicas básicas de uso

 

Apresentamos abaixo algumas regrinhas para que você possa escolher o sutiã de aleitamento mais adequado:

 

– Ao comprar, não se esqueça de tirar a etiqueta e lavar com água e sabão: durante o processo de confecção o contato das peças com produtos químicos causam alergias, sem contar a parte de armazenamento que pode acumular bactérias e fungos;

 

– O tamanho dos seios costumam variar muito durante todo o período da lactação, por isso evite comprar uma grande quantidade com o mesmo número;

 

– No início prefira comprar dois números maiores que o seu atual;

 

– Opte pelo modelo que exponha o máximo a mama ao baixar a capa, para que durante a amamentação não tenha nenhuma parte do sutiã em contato com o peito, incomodando a circulação do leite.

 

– Prefira os sutiãs com as alças mais largas para sustentar confortavelmente o peso das mamas;  

 

– Escolha por peças sem aros e sem costuras – Os arames e as linhas em contato com os seios podem apertar as glândulas mamárias sem que a mamãe perceba, o que com o tempo pode causar mastite;

 

O que a mastite tem a ver com o sutiã de aleitamento?

 

O inchaço, a dor e a vermelhidão local nos seios podem ser o resultado de mastite, uma inflamação que ocorre nas mamas. Problema corriqueiro em mulheres que amamentam, a mastite costuma se desenvolver quando existe uma obstrução das glândulas mamárias por onde o leite passa durante o aleitamento.  

 

Existem algumas formas de prevenção. São elas:

 

– Seios livres durante o ato de amamentar, sem nenhuma pressão;

 

– Evitar utilizar roupas que apertem a mama;

 

– Variar a posição durante a amamentação;

 

– Esgotar primeiro o leite de uma mama para depois oferecer a outra ao bebê;

 

– Esvaziar todo o leite da mama ao finalizar o aleitamento;

 

– Descansar os seios entre as mamadas, aplicando compressa de água quente ou tomando banho e deixando que a água do chuveiro caia pelo peito.

 

Em casa o ideal é que a mamãe não faça uso do sutiã de amamentação durante a mamada, deixando os seios totalmente livres no ato e evitando qualquer pressão nas glândulas mamárias.  Já no dia a dia, o sutiã deve ser confortável, ao mesmo tempo que consiga manter os protetores de seio no lugar, evitando vazamentos na rua.

É fundamental investir em um bom sutiã de amamentação para que ele seja prático durante todo o processo de aleitamento e também confortável para a mulher. Não precisa gastar muito dinheiro, comprando uma grande variedade. O importante é ter poucos, mas que sejam adaptáveis aos seios e em diversos tamanhos, acompanhando o processo de mudança comum do corpo na maternidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here