Tosse em bebê: 3 causas de tosse, diagnóstico e tratamento

0
258

Tosse em bebê: 3 causas de tosse, diagnóstico e tratamento

A tosse em bebê pode deixar qualquer mamãe e papai de cabelos em pé. Afinal, este ser tão frágil está provavelmente emitindo sons não muito agradáveis aos ouvidos dos pais que adorariam ver seu filho sempre com saúde. 

Nem sempre é possível determinar qual a causa do da tosse e sua gravidade. Será que é hora de ligar ao pediatra ou apenas tentar perceber o que se passa e as causas da tosse em bebê?

Saiba que o som da tosse de seu filho pode lhe dar algumas respostas primárias, sem causar alarde. Acompanhe nosso artigo que mostrará à você possíveis causas da tosse infantil.

Causa de tosse em bebê

A tosse em bebê é um dos sintomas mais comuns de que seu filho contraiu alguma doença, e nem sempre é fácil de tratar. Na maior parte dos casos, a tosse atrapalha a rotina do seu pequeno com perturbações no sono e na alimentação. Embora não seja um som agradável aos ouvidos dos pais, em geral não se trata de uma condição de saúde considerada grave. 

Você sabe por que tossimos? A tosse é um reflexo do corpo que ajuda a proteger as vias aéreas, tórax e garganta. Basicamente ela serve para tentar expelir de forma saudável tudo que possa estar causando perturbações na saúde respiratória. É claro que, às vezes, uma simples tosse pode nos levar ao médico, por acabar virando uma condição mais séria ou uma grande dor de cabeça. Principalmente quando se trata de tosse infantil. 

No caso específico dos bebês, a tosse acontece porque eles contraem com maior facilidade infecções virais do trato respiratório superior, por ainda não apresentarem o sistema imunológico forte o suficiente. Ou seja, cada vez que seu filho seja exposto à pessoas com resfriados e gripes, a possibilidade de seu bebê ser contaminado é bastante grande, infelizmente. Por esse motivo o pediatra deve ser sempre consultado.

3 tipos de tosse em bebê, causas e tratamento

A tosse em bebê pode ocorrer por vários motivos. Na maior parte dos casos, o resfriado comum ou a gripe são as causas mais comuns. Como sabemos essas duas doenças são causadas por vírus, ou seja, não há curas milagrosas e rápidas. As vacinas, sazonais, podem ajudar a prevenir, mas só podem ser 

1 Tosse com chiado: Problemas como a asma ou a bronquiolite, podem causar uma infecção das pequenas vias aéreas que geralmente normalmente detectadas em bebês menores de 3 anos de idade. Como tratar? Por se tratar de uma condição mais grave, consulte o seu médico pediatra ter um diagnóstico preciso. Se o seu bebê tiver asma, pode ser necessário haver ajustes na medicação e em caso de infecções o uso de antibióticos pode ser a saída.

2 Tosse com produção de muco: Pela manhã o nariz do seu bebê apresenta secreção, isso porque passou por uma produção de muco durante a noite. É provável que isso aconteça por causa de uma infecção, resfriado, sinusite (mais comum em bebês a partir dos 6 meses) ou em casos mais graves pneumonia.  Neste caso você pode tentar limpar com soro fisiológico e reduzir o consumo de leite, quando possível. Isto porque produtos lácteos engrossam o muco. Em caso de tosse e febre vá ao médico para obter um diagnóstico mais preciso.

3 Tosse seca: Vias aéreas irritadas são as causadoras desse tipo de tosse. Pode ser desencadeada por fumaça, pólen, poeira ou qualquer alergia que seu bebê apresente. Geralmente essa tosse também é acompanhada de espirros, mas não cria muco. Mantenha seu filho hidratado e ligue ao pediatra caso esteja muito preocupada.

Pode parecer simples, mas nem sempre é. A tosse em bebê deve ser levada sempre a sério e possuir acompanhamento pediátrico. Não administre medicações sem prescrição e não deixe o tempo passar. Ao sinal de que algo não está bem busque por ajuda médica. Esse é o um importante passo para manter a saúde de seu pequeno em dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here