5 terapias e tratamentos para depressão

0
259

5 terapias de tratamentos para depressão

Os tratamentos para a depressão representam hoje um grande passo para a saúde das pessoas que sofrem da doença. A depressão é uma doença tratável e a maioria das pessoas consegue perceber melhorias em seus sintomas quando tratadas com os devidos cuidados. A doença pode ser tratada com medicamentos, terapia ou medicina alternativa. Isso tudo depende do grau de depressão apresentado pelo paciente, o que o levou a sofrer com a doença e a quanto tempo apresenta sintomas. Conhecer as diferentes opções de tratamentos para depressão pode ajudar a escolher o melhor, juntamente com seu médico ou terapeuta. Também é possível realizar o tratamento em conjunto com uma ou mais formas, como a psicoterapia e os medicamentos, por exemplo. O que funciona para um paciente pode não funcionar para outro, por isso a importância de acompanhamento.

Tratamentos para depressão: 5 formas de terapia

Entre um dos tratamentos para a depressão está a terapia. Ela pode se apresentar de várias formas, em grupo ou individualmente. Há pesquisas que demonstram os tipos de terapias que mais ofereceram resultados em pessoas com depressão. Separamos para você 5 terapias que podem auxiliar no tratamento à doença.

1- A terapia interpessoal: Seu formato é simples e costuma durar pouco tempo. As sessões desse tipo de terapia possuem uma ordem e normalmente são baseadas nos seus relacionamentos. O objetivo deste tipo de terapia é  ajudar o paciente a melhorar suas habilidades sociais, como a comunicação e a resolução de conflitos.

2 – Comportamental cognitiva: concentra-se em identificar e substituir desvios cognitivos e padrões comportamentais que venham a reforçar sentimentos depressivos. Essa terapia geralmente é um tratamento rápido de curta duração.

3 – A terapia de resolução de problemas: esse tipo de tratamento visa identificar os problemas pontuais de um paciente. A partir daí, várias soluções são oferecidas. O terapeuta ajuda o paciente a avaliar as opções e a escolher uma solução.

4 – Psicodinâmica: essa é uma terapia um pouco mais divertida do que as convencionais, isso porque utiliza-se da cultura pop. Através de filmes ou outro artefato a escolha do terapeuta, vão se identificando os problemas de relacionamentos passados, relacionados a depressão. Após esse lucidez do paciente, os problemas vão sendo resolvidos de maneira a tornar o tratamento produtivo conforme avança.

5 – A terapia das habilidades sociais: esse tratamento contra depressão ensina os pacientes a estabelecer relacionamentos mais saudáveis com outras pessoas. Tem como objetivo a construção de redes e relacionamentos baseados em confiança e honestidade.

Tratamentos para depressão: auto-ajuda

Além das terapias, há outros tipos de tratamentos para a depressão, um deles se encarrega da auto-ajuda. Esse método pode ser útil para pessoas que apresentem sintomas leves ou não possuem condições de procurar ajuda profissional. Muito embora a rede de assistência social brasileira conte com os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS)  totalmente gratuítos. As forma de auto-ajuda variam, mas podem incluir: recursos on line, grupos de apoio, telefones e livros. Todos esses métodos requerem a autonomia e pró atividade do indivíduo e costumam funcionar como primeiro método de apoio, já que se trata de uma pessoa buscando por tratamento de forma espontânea.  

Agora que você já sabe um pouco mais sobre as terapias existentes como tratamentos para depressão, pode buscar por ajuda, caso esteja sofrendo com a doença. O diagnóstico em relação a essa doença deve ser feito por um médico, bem como o tratamento prescrito e acompanhado. As informações aqui apresentadas são apenas para conhecimento e auxílio na busca por soluções.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here