Vacuoterapia para estrias

0
346

Vacuoterapia para estrias: o que é, como funciona e benefícios 

A vacuoterapia para estrias é um procedimento estético também conhecido como endermologia que visa diminuir a aparência das estrias por meio de uma técnica de sucção. De acordo com esteticistas praticantes da técnica, o mecanismo de sugar estimula a circulação, a oxigenação e a produção de colágeno na área afetada. 

Mas será que a vacuoterapia funciona? Isso vai depender da situação das suas estrias. Aprenda um pouco mais sobre como elas surgem e entenda por que pode ser mais difícil tratar algumas delas com esta técnica.

Vacuoterapia para estrias brancas e vermelhas

Você já deve ter reparado que, na maioria das vezes, o aparecimento das estrias está associado ao efeito sanfona ou ao crescimento acelerado. Nas mulheres, é comum que as linhas apareçam na lateral das coxas, durante a fase de crescimento. Após dar à luz, as estrias costumam aparecer na região do ventre e, após a amamentação, ao lado dos seios.

Tanto nos homens quanto nas mulheres, as linhas também podem aparecer após uma grande perda ou ganho de peso, o que é mais conhecido como efeito sanfona. Mas você sabe por que as estrias acontecem?

A nossa pele é um órgão que tem depósitos de colágeno, responsáveis pela sua elasticidade. Quando perdemos peso ou crescemos muito rápido, ocorrem rupturas nas camadas mais profundas da pele, que não têm tempo de depositar colágeno, formando rachaduras. Essas rachaduras são as estrias.

Estrias vermelhas têm maiores chances de desaparecer com tratamentos simples. Isso porque a cor vermelha mostra que aquela “rachadura” ainda não cicatrizou, ou seja, o processo inflamatório está ativo e pode ser revertido. 

Já nas situações em que a estria é branca, significa que os melanócitos já foram atrofiados e já houve redução na produção de melanina nessa área, tornando as estrias mais difíceis de serem tratadas e removidas por completo.

Portanto, se você está se perguntando se a vacuoterapia para estrias brancas funciona, a resposta é: sozinha, não. Pode reduzir a aparência, mas não eliminá-las por completo. Talvez o microagulhamento, uma técnica recente, possa resolver o seu problema, já que penetra em camadas mais profundas da derme e torna as estrias novamente vermelhas, oferecendo um novo processo de cicatrização.

Mas, se as suas estrias são vermelhas, aqui vão mais algumas informações sobre a vacuoterapia.

Como é aplicada a vacuoterapia para estrias?

A técnica pode ser aplicada por dermatologistas, fisioterapeutas e esteticistas treinados para realização da técnica. Consiste na utilização de um equipamento com ventosas cuja intensidade varia entre 0 e 600mmHg.

Essas ventosas são responsáveis pela sucção da pele e estímulo da circulação no local e dos tecidos linfáticos da região. Isso estimula a regeneração dos tecidos e ajuda a reduzir processos inflamatórios. É por isso que a vacuoterapia pode ser aplicada tanto nos casos de estrias quanto para celulites.

Como funciona a vacuoterapia para estrias?

A sessão de vacuoterapia pode durar entre 15 minutos e uma hora, dependendo da região onde é aplicada.

Deitado em uma maca, o paciente fica relaxado enquanto o profissional utiliza uma espécie de pistola com ventosas, aplicando movimentos sempre em direção aos nódulos linfáticos. Assim, as impurezas saem do lugar onde estão e são filtradas pelo organismo.

Quais os benefícios?

A vacuoterapia pode render resultados melhores quando aplicada em regiões como braços, panturrilhas, barriga e glúteos. Além de utilizar a vacuoterapia para estrias, outros benefícios também são sentidos pela pele do paciente, como:

  • Aumenta o tônus muscular
  • Estimula a produção de colágeno
  • Estimula a oxigenação dos tecidos da pele
  • Ajuda a reduzir processos inflamatórios em camadas superficiais da pele
  • Auxilia na redução da retenção de líquidos
  • Elimina resíduos tóxicos
  • Melhora a aparência de cicatrizes, estrias e de gordura localizada

Esperamos ter ajudado a entender mais sobre como funciona a vacuoterapia para estrias e se esse é o procedimento ideal para você. Lembre-se de que, no caso de estrias brancas, o ideal é associar a vacuoterapia a uma técnica como o microagulhamento, que consegue penetrar em camadas mais profundas da derme e regenerar as células.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here