Vacuoterapia: o que trata?

0
204

Vacuoterapia: o que trata? 

De origem francesa, a vacuoterapia, também chamada de endermologia, começou a ser utilizada em 1970, como um recurso terapêutico, e era aplicada em pessoas que buscavam uma melhora estética, mas também em alguns casos de saúde.

É um procedimento não invasivo, aplicado através de um aparelho que possui diversos cones em variados tamanhos. Geralmente, um creme é aplicado no corpo, para que o aparelho possa deslizar de maneira suave e evitar o incômodo na pele.

Embora algumas pessoas até já tenham ouvido o termo, a questão é que muitas desconhecem do que se trata, questionando o que é a vacuoterapia e o que trata. O tratamento de vacuoterapia atua diretamente na liberação de toxinas, sendo recomendada a sua aplicação nas áreas das pernas, glúteos, costas, abdômen e rosto. 

É especialmente recomendada para pessoas com:  

– Estrias vermelhas ou brancas;

– Celulites na região das pernas, glúteos e barriga;

– Gordura localizada;

– Cravos no rosto;

– Cicatrizes aparentes ;

– Inchaço nas pernas; 

– Retenção de líquidos na região do abdômen; 

– Queimadura pelo corpo;

– Rugas faciais. 

Além da parte estética, a esta terapêutica atua também em casos de: 

– Reumatologia;

– Linfologia;

– Edemas;

– Sistema linfático;

– Sistema venoso;

– Flebologia (varizes e vasos);  

– Traumatologia. 

Por se tratar de uma sucção é comum que cause algum desconforto durante o procedimento, porém a aplicação de gelo no local após a terapia pode auxiliar na sensação de dor. O tratamento normalmente possui a duração de dez sessões, sendo elegidas as áreas a serem trabalhadas, cada uma por vinte minutos. 

Principais benefícios da vacuoterapia

As vantagens do tratamento de endermologia para o corpo são diversos: 

– Proporciona um melhor tônus muscular;

– Estimula a circulação sanguínea;

– Melhora a aparência da pele;

– Acalma e controla o estresse;

– Colabora com o metabolismo;

– Estimula a produção de elastina e colágeno;

– Protege o corpo contra bactérias e vírus;

– Oferece sensação de bem-estar e relaxamento;

– Ajuda na limpeza das toxinas do corpo;

– Ajuda a ativar o sistema linfático.

Mas atenção, existem algumas contraindicações no caso de pessoas com: tumores, hérnias, doenças vasculares, doenças cardíacas, câncer ou doenças autoimunes é importante consultar antes um médico com a finalidade de solicitar uma liberação para o procedimento. Mulheres gestantes também devem conversar com suas ginecologistas, antes de iniciar um tratamento. 

Vacuoterapia: onde encontrar? 

Algumas lojas físicas e virtuais de cosméticos e perfumarias costumam vender o kit manual de vacuoterapia com ventosas pequenas para tratamento facial. A maioria desses produtos trazem alguns cones de plástico que servem para estimular a região do rosto e diminuir a flacidez da pele da testa, queixo, bochecha e pescoço. Há também algumas peças menores para a área dos olhos e lábios.  

Já os aparelhos eletrônicos requerem a manipulação por um esteticista habilitado com condições de avaliar os tecidos da pele. Procedimentos de vacuoterapia realizados por profissionais não capacitados podem ocasionar em ferimentos e flacidez na pele, bem como manchas roxas pelo corpo da cliente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here